CIRURGIA ATM

Qual a localização da ATM?

Nesta imagem é possível identificar a localização da ATM: Está na união entre a mandíbula (inferior) e o crânio (superior) à frente do ouvido e da orelha. Também é possível observar quais os músculos que são mais afetados pelos movimentos da ATM.


O que é Disfunção da ATM?

A disfunção é a função executada de forma inadequada.


Qual o principal sinal da Disfunção da ATM?

O principal sinal da disfunção na ATM é a Dor.


A Disfunção da ATM pode causar dor de cabeça?

Sim. Cerca de 50% dos casos de cefaleia (dor de cabeça) crônica são provenientes desta patologia. As dores de cabeça provenientes da disfunção de ATM, em geral, não são propriamente de cabeça: são dores nos músculos que envolvem a cabeça. Posições posturais viciosas, relacionamento dental inadequado, apertamento e/ou ranger de dentes, associados ao "stress", normalmente culminam em quadros crônicos de dores nos músculos da face, da cabeça e do pescoço.


A Disfunção da ATM pode causar dor de ouvido?

Sim. A proximidade entre a ATM e o ouvido pode ocasionalmente confundir o paciente sobre o local de origem da dor. Na realidade, a dor de ouvido é diferente da dor da disfunção da ATM. Como diagnóstico diferencial, a disfunção da ATM não manifesta febre, não diminui a audição, não elimina secreção pelos ouvidos e não é acompanhada por quadros infecciosos das vias aéreas superiores.


Além da Dor, qual outro sinal da Disfunção da ATM?

Ao abrir e fechar a boca, o paciente pode ouvir/sentir o estalido (clique), normalmente acompanhado de dor que se manifesta na cabeça, face, pescoço, olhos e dentes. A ausência de dor não é sinal de normalidade. O estalido (clique), por si só, já traduz problemas na ATM.


Por que acontece o estalido na abertura de boca?

Entre as superfícies dos ossos que compõem a ATM (osso temporal e mandíbula), existe uma estrutura fibrocartilaginosa chamada disco articular, cujas principais funções são amortecer e amoldar as superfícies ósseas da articulação. Este dispositivo amortecedor evita traumas e desgastes prematuros. Quando o disco articular se desloca de sua posição natural, acontece o estalo (clique), notado nos movimentos mandibulares, tais como: falar, mastigar, cantar bocejar e outros.


Quais todos os sintomas da Disfunção da ATM?

  • Dores de cabeça na região da testa, fundo de olho e nas têmporas;
  • Dores de ouvido;
  • Zumbidos no ouvido;
  • Dificuldade para mastigar, principalmente alimentos duros;
  • Dores durante a mastigação;
  • Tonturas;
  • Vertigens;
  • Barulho próximo à orelha ao abrir e fechar a boca;
  • Desgaste dental excessivo; e
  • Sensação de travar a mandíbula.


O que causa a Disfunção da ATM?

Toda e qualquer doença necessita de mais de um fator para a sua ocorrência. Os principais fatores que causam a disfunção da ATM são:

  • Alterações oclusais (maloclusão - mordida errada);
  • Alterações ósseas (Desproporções de crescimento dos ossos da face);
  • Alterações musculares (origem genética ou adquirida);
  • Alterações psicológicas (stress e tensão emocional).


Qual o principal fator que causa a disfunção da ATM?

Acredita-se que o fator principal seja a maloclusão (relacionamento inadequado entre os dentes do maxilar e a mandíbula). A presença de dentes tortos, desalinhados, de próteses mal adaptadas, dentes ausentes ou inclusos e hábitos parafuncionais (bruxismo) são considerados associados aos fatores dentários e contribuem fortemente para o aparecimento da disfunção.


Como é o tratamento da disfunção da ATM?

Todo tratamento baseia-se na eliminação dos fatores causais. Após a identificação da causa (oclusais, ósseas, musculares ou psíquicas), podem ser utilizados os seguintes modelos de tratamento:

  • Placas de mordida (uso diurno e/ou noturno);
  • Aparelhos ortodônticos (alinhamento dos dentes);
  • Reposição dos dentes ausentes (implantes dentários);
  • Fisioterapia reposicionadora (fortalecimento muscular);
  • Laserterapia (tratamento com laser);
  • Reabilitação protética (revisão das próteses);
  • Medicação específica (analgésicos, anti-inflamatórios, relaxantes musculares, etc.);
  • Intervenções cirúrgicas (nas condições em que a causa é a desproporção óssea).


Quais as consequências do não-tratamento?

A disfunção da articulação têmporomandibular é uma doença que, depois de instalada, é quase sempre progressiva. O que não se consegue determinar com exatidão é a sua velocidade de progressão e as suas conseqüências. Quando não instituído o tratamento adequado, pode-se ter como resultados duas situações de Emergência:

1) Travamento Aberto: Luxação da Mandíbula (queda do queixo). Relacionado à flacidez dos músculos e ligamentos que ficaram comprometidos com a disfunção.
Ou então:

2) Travamento Fechado: Incapacidade de abertura Mandíbular: A boca fica completamente sem abrir ou com uma limitação muito grande nos movimentos de abertura. Isto se deve a uma reação muscular (trismo) que trava os músculos evitando os seus movimentos.

Ambas as situações requerem atendimento emergencial. Após tratada a emergência deverá ser instituído o tratamento da Disfunção da ATM.

Portanto, o ideal é o tratamento precoce que, certamente, proporciona melhores soluções e resultados.


Articulação Temporomandibular (ATM)

A perda de um só dente pode provocar uma alteração na articulação da mandíbula e acarretar a cefaleia entre outros problemas. A falta dos dentes e a mordida desalinhada ou cruzada, chamada pelos especialistas de maloclusão, são fatores de risco para a ATM (Articulação Têmporo-Mandibular). Essa articulação é responsável por todas as funções responsáveis pela abertura da boca, e abrange ligamentos, músculos da mastigação, ossos do maxilar e da mandíbula, dentes e outras estruturas.

Todos estes itens formam um conjunto que se não funcionar adequadamente, podem ocorrer sensação de pressão na região dos ouvidos ou queixo, dores de cabeça, dificuldade em abrir a boca ou ao mastigar alimentos, cansaço na face ao acordar e estalos ao abrir a boca.

Além do problema dentário, outros hábitos comuns estão relacionados à disfunção, como apertar os dentes ou rangê-los (bruxismo), morder objetos, roer unhas, ficar com postura incorreta da cabeça a posicionando para frente. A perda de um só dente também pode provocar uma alteração nas articulações da mandíbula. Nesses casos, é fundamental que haja a reposição dentária: uma boa alternativa são os implantes dentários, para que a mordida seja feita de forma correta, sem prejuízo da articulação.

A CIRURGIA DE ATM só será indicada após exames criteriosos, como consulta clínico com profissional especialista em cirurgia bucomaxilofacial, solicitação de exames como raiox, tomografia e Ressonancia magnética que é o mais indicado para análise ideal das estrutras da ATM